Energia Azul

 

Energia azul é a energia obtida da diferença de concentração de sal entre a água do mar e a do rio, com o uso de electrodiálise reversa (EDR) (ou osmose) com membranas específicas para cada tipo de iões. O resíduo deste processo, é água salobra.

 

A tecnologia de EDR foi confirmada em condições laboratoriais. Como em outras tecnologias, o custo da membrana foi um obstáculo. Uma membrana nova e mais barata, baseada em polietileno electricamente modificado, permitiu o seu uso comercial. Com isso a energia azul, é considerada mais uma das novas energias renováveis que no futuro, quando se esgotarem as energias não-renováveis, nos trará energia. Quando um rio desagua as suas águas no oceano, há uma libertação gigantesca de energia. Coloca-se uma membrana entre dois reservatórios, um com água doce e outro com água do mar. Ela é capaz de reter iões de sal, mas não a água, gerando um fluxo de água em direcção à água salgada. Aplica-se uma pressão maior na água salgada, invertendo este processo. A água do mar tem dois tipos diferentes de pequenos componentes: iões do sódio e iões de cloreto, positivos e negativos. E cada conjunto tem dois tipos de membrana. Um deixa passar apenas o ião positivo e outro somente o ião negativo. Temos um circuito eléctrico, entre a água salgada e a água doce, de cada lado das duas membranas.

 

(Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Energia_azul)